Autor: Jean Ramos - 17/05/2016 10h11

Pecuária de leite - Renovação


Meus estimados leitores, que bom falar com vocês, pena que o tempo, a inspiração e a falta de coragem me deixa às vezes enfadado e sem assunto, mas mesmo assim aqui estamos, firmes e confiantes em dias melhores.

Durante a minha ausência muita coisa aconteceu, desde o campo político nacional até a pecuária regional da microrregião de Ouro Preto do Oeste/RO. Assim como a revolução dos amarelo - iniciado em meados de 2013 e findado em meados de 2016 - que decretou o fim da era petista no poder, um grupo de Ouro Preto pretende findar com a pecuária de leite de subsistência.

Orgulhosamente, fui convidado a dar a minha contribuição técnica ao grupo, isso me deixou muito feliz, pois ali as pessoas me respeitam e ouvem; assim como aqui. É bom poder ajudar voluntariamente quem realmente precisa e quer ser ajudado.

Trata-se de uma ideia relativamente já muito falada, mas pouco posta em prática e que requer a atenção dos senhores. Acontecerá uma ação nos campos do nosso município, onde um grupo de pessoas irão implementar em suas propriedades o sistema de pastejo rotacionado, aumentando com isso a produção de leite e melhorando a renda das famílias envolvidas.

Ali estão pessoas que se incomodaram, que foram para a rua, que se avexaram com "mesmismo", com o previsível, com o desgaste das indústrias de laticínios.

Criaram um grupo de trabalho, discutiram, falaram e se organizaram, e os primeiros resultados começam a ser colhidos. Desde o final do ano passado essas pessoas vem comercializando parte da produção de leite em conjunto. Claro que não foi fácil convencê-los da força da união, mas aos poucos criamos condições para que eles acreditem e vejam o potencial de cada um dentro do grupo.

Eu, como entusiasta e otimista, sempre preocupado com o sucesso deste grupo, sei que é das possibilidades e quero incrementar e melhorar a renda deste pessoal. Quero mostrar que um projeto desse é barato e de fácil implantação, com resultados a curtíssimo prazo é, acima de tudo melhora a auto estima do produtor rural e de toda a sua família.

Parabéns aos sonhadores, ter acreditado ser possível, aos idealizadores que se convenceram muito antes dos demais e aos insistentes pela perseverança em tentar. Parabéns a todos os envolvidos e muito obrigado aos produtores por ter confiado no nosso trabalho de técnicos e, como retorno, fizemos que os produtores acreditassem neles mesmos.



COLUNAS RELACIONADAS