Autor: Talles Lage - 07/06/2017 01h24

O papel da família no contexto escolar


Foto: divulgação

Esse tema tem muito a ver com tantos problemas que enfrentamos em diversos lugares em nossa sociedade e foi foco de uma palestra que dei numa escola do Município e me surpreendeu o bastante para revermos nossos papeis como pais.

Gostaria de contextualizar para entrarmos no assunto. O propósito dentro da semana de cidadania foi falar dentro do tema acima descrito os pontos principais que percebemos como deficiência nos alunos e comprometem o ensino aprendizado na escola e foram esses, o respeito, a educação e a obediência. Pontos claramente indicados como não aprendidos na escola e sim no ambiente familiar e muito usado na comunidade escolar.


Depois de passarmos pelas salas e de tantas formas de abordagem para tentarmos lograr êxito percebi algumas coisas, que me foram intrinsecamente expostas com os alunos de 06 a 11 anos em 18 salas pela manhã e 15 pela tarde como:

1- Alunos, que aprenderam pedir benção dos pais e avós são mais propensos a preservarem os valores de obediência respeito e educação e usarem em para sala de aula;

2- Alunos, que os pais são freqüentes na escola acompanhando tarefas e reuniões tendem a ter menos problemas com o aprendizado e disciplina na escola – pais que participam da vida escolar do filho;

3- Alunos, que os pais são ausentes são mais propensos a indisciplina na escola;

4- Filhos que vivem em situações de conflito em casa, têm problemas sérios de aprendizagem, disciplina e relacionamento com os colegas de sala e professores.

Ficarei por aqui, mas sabemos que precisamos nos rever como pais em nossa sociedade e recompor nossos valores e ver como podemos ser mais participativos na educação de nossos filhos...

Não é obrigação da escola educar para vida diretamente, mas com a nossa participação ou não nossos filhos serão educados agregando valores para vida, pois a “vida ensina”...já ouvimos que a vida também tem sua escola e nela não ficamos de recuperação!

Não seria à hora de começarmos a rever o conceito de família e tomar posse da educação de nossos filhos? Podemos também, deixar que a vida ensine e venhamos colher os frutos de nossa passividade diante de tamanha responsabilidade! Reflita sobre isso!

Os quatro pontos abordados foram perceptíveis e não mensurado com método de pesquisa ou entrevista...



COLUNAS RELACIONADAS