Autor: Talles Lage - 30/08/2017 15h49

Analfabetismo político x Jogos de interesses



Depois de 45 dias de muitos debates e exposições das mais diversas ideias e programas
de governo, onde os eleitores se embaralhavam pelas ótimas propostas de governo veio então, o grande dia...

Venceu o que tem a melhor proposta. Parabéns...


...Essa deveria ser a manchete dos mais diversos jornais, caso tivéssemos uma sociedade que se importasse mais com a comunidade do que suas portarias, licitações, ou seja, da busca por cifrões(R$)...

Uma sociedade que avalia as propostas e não a opção religiosa, ou sexual, onde o palanque fosse usado para expor ideias pelos ideais e não um sonho de usar o mesmo como um trampolim para o poder e lá viver e governar para si...

No final o problema continua sendo da sociedade que se importa mais com a muvuca e beneficio, do que o desenvolvimento dela própria...

O coisa complicada é umbigo...

Nunca foi apenas o analfabetismo político, mas a manifestação maciça de interessados com interesseiros, ou seja, alguém que se importa com o poder e os interessados em ser manobrados para que outros alcancem seus objetivos, assim se recebe para isso e os demais que se façam manifestações e ou bloqueios de ruas e escolas...

Um partido tem uma ideologia, mas apenas para justificar sua plataforma de luta pelo poder e outros ja se fundamentam em rebatê-la... No final o que importa mesmo é o poder.

Se Maquiavel estivesse vivo em nosso tempo ele estaria aplaudindo nossa geração, cada vez mais munidas de subterfúgios para se desinformarem, ainda mais.

Uma democracia barata, que seu único serviço e o deserviço moral e alimentar a esperança de dias melhores com medidas escabrosas a nação de modelos arcaicos de solução, onde somente o contribuinte paga a conta...



Viva a democracia, onde quem ganha é sempre quem conseguiu manobrar direitinho e a população sempre figurante dessa novela que é nossa política brasileira...

Sem mais indignação para o momento, aproveito para renovar meus votos de esperança e luta para mais dois anos, pois é só questão de tempo e estaremos novamente no teatro da renovação...



COLUNAS RELACIONADAS