Autor: DER - 25/08/2016 09h32

Governo de Rondônia investe em maquinário para otimizar recuperação de rodovias estaduais


A aquisição de cinco máquinas minicarregadeiras Bobcat humanizará o trabalho do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) na manutenção da malha viária estadual pavimentada. Servidores que antes cortavam asfalto com picareta, agora trabalham com máquinas especializadas para este tipo de serviço. Trabalhos que antes levariam horas, agora podem ser executados em poucos minutos. O governo estadual investiu cerca de 1,2 milhão na aquisição de cinco Bobcats para o DER.

"As máquinas têm tamanha utilidade que podem render serviço de 12 a 15 homens", acrescentou.As Bobcats têm a versatilidade pelo tamanho e pela possibilidade de trabalhar com diversos implementos, como vassourão, serra, brocas, valetadeiras, rolo vibratório, furadores de solo, fresadora de asfalto e até betoneiras. As minicarregadeiras, de acordo com o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva, são fundamentais para os trabalhos do DER, especificamente na restauração de rodovias.

A primeira experiência do DER com o equipamento foi no início da restauração da RO-490, no acesso ao município de Alto Alegre dos Parecis, na região de Rolim de Moura, obra que está em execução pelo governo de Rondônia, com maquinário e servidores próprios do DER.

Para o diretor-geral do DER, com toda a tecnologia disponível não há justifica colocar o servidor para cortar asfalto na picareta, ainda mais na temperatura escaldante de Rondônia. Neiva disse que levou a proposta das Bobcats para o governador Confúcio Moura que prontamente autorizou as compras.

As cinco Bobcats ficarão à disposição das quatro usinas de asfalto em Porto Velho, Jaru, Ji-Paraná e Rolim de Moura, e a quinta minicarregadeira ficará com a regional do DER em Ariquemes responsável por cuidar da manutenção das rodovias estaduais asfaltadas na região.

O gerente das usinas de asfalto do DER, Edimar Dias, destacou que todos os operadores das Bobcats receberão treinamento da fabricante. Para o diretor-operacional, Marcelo Burgel, os equipamentos agilizarão as obras.

facebook.com/DERRONDONIA


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade