Publicidade
Autor: Rondoniagora - 27/02/2017 10h23

Idaron inverte calendário de vacinação para rebanho a pedido dos pecuaristas do estado



Os pecuaristas de Rondônia já estão conscientizados sobre a importância da vacinação contra a febre aftosa. No entanto, este ano vem com novidade. Conforme a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) o calendário de imunização foi invertido, atendendo a um pedido dos próprios criadores. Portanto, todo o rebanho bovino e bubalino deverá ser vacinado na primeira campanha do ano, entre abril e maio, e os animais de 0 a 24 meses, em outubro e novembro.

Para o fiscal agropecuário Dalmo Bastos, esta mudança é benéfica, já que devido ao excesso de manejo, a taxa de gestação animal estava diminuindo. “Então, os produtores se reuniram, apresentaram um ofício na Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon) e pediram a inversão do calendário, ficando todos os animais no início do ano e no final do ficou a estação de monta sem causar um prejuízo econômico para eles”, explica o fiscal.

Ainda de acordo com Bastos, os produtores foram informados sobre a inversão ainda em 2016. “Aquele produtor que não estiver sabendo desta inversão, na hora que ele for comprar a vacina para seu rebanho, ele vai ser informado que terá que aumentar a quantidade e levar para todos seus animais”, garante o fiscal.

Com a mudança, Rondônia terá calendário ajustado com a maioria dos estados brasileiros. Outra adequação que deverá ocorrer com a inversão do calendário de vacinação é o fornecimento de vacina. Para a campanha de abril/maio, as lojas agropecuárias deverão ter disponíveis doses suficientes para todo o rebanho e na etapa de outubro/novembro o estoque deve ser suficiente para vacinar apenas parte do rebanho.

A Idaron ressalta que as datas das campanhas continuarão as mesmas, ou seja, a 42ª etapa de vacinação ocorrerá entre 15 de abril e 15 de maio, tendo até 22 de maio para declarar a imunização na Idaron. Já a 43ª etapa ocorrerá de 15 de outubro a 15 de novembro, tendo até 22 de novembro para a declaração.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade