Publicidade
Autor: Veja - 17/06/2017 18h57

Para milhões de americanos, vacas marrons produzem leite achocolatado

Uma pesquisa divulgada pelo jornal 'Washington Post' mostrou que 7% dos entrevistados acreditam que essa seja a origem do leite achocolatado


Vaca marrom (iStock/Getty Images)

Uma pesquisa realizada entre consumidores nos Estados Unidos mostrou que 7% dos americanos acreditam que o leite achocolatado seja produzido por vacas marrons. Isso significa que 16,4 milhões de pessoas no país não sabem que se trata de um produto industrializado, feito com leite, chocolate e açúcar, segundo o jornal Washington Post.

Para muitos especialistas em educação alimentar e nutricional, no entanto, o estudo causou surpresa por não revelar um número ainda maior de consumidores, digamos, mal-informados.

Nos anos 1990, uma pesquisa encomendada pelo Departamento de Agricultura dos EUA revelou que 1 em cada 5 adultos não sabia que hambúrgueres são feitos de carne. O levantamento também mostrou os americanos não sabiam informações básicas sobre agricultura e pecuária, como o que comem os animais criados em fazendas. E, segundo o Post, os especialistas acreditam que não houve muita mudança nessas duas décadas.

“Estamos condicionados a pensar que, se você precisa de comida, você vai ao mercado. Nada em nosso sistema de ensino diz às crianças de onde vem o alimento”, disse à publicação americana Cecily Upton, cofundadora da FoodCorps, ONG que visa promover educação nutricional em escolas de ensino fundamental nos Estados Unidos.

Outro estudo menor, realizado em 2011 em uma escola de ensino fundamental na Califórnia com alunos do quarto, quinto e sexto anos, também deixou os pesquisadores estarrecidos. Mais da metade não sabia que picles são pepinos ou que cebolas são vegetais. Entre os alunos entrevistados, 3 em cada 10 não sabiam que queijo é feito de leite.

Organizações como a FoodCorps trabalham para levar educação alimentar e nutricional para as salas de aula de escolas americanas. Além de ensinar o valor nutricional dos alimentos, visando uma alimentação mais saudável, os especialistas querem que as crianças aprendam sobre a origem dos produtos que consomem. “Conhecimento é poder. Sem ele, não podemos tomar decisões conscientes”, disse Cecily Upton ao Washington Post.


NOTÍCIAS RELACIONADAS