Publicidade
Autor: Gazeta Central - 29/11/2017 23h03

Ouro Preto: mãe denuncia bullying praticado por três alunos do IFRO contra sua filha de 16 anos

Os alunos xingavam e humilhavam a vítima, sempre diminuindo sua autoestima na presença dos demais colegas, relatou a mãe.


Foto: divulgação

Uma mãe, inconformada e em busca de justiça, denunciou três alunos, dois maiores e uma menor, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia - IFRO, Campus Ji-Paraná, pela prática de bullying contra sua filha de 16, que também estuda na mesma instituição. A ocorrência foi registrada na noite desta terça-feira (28) na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

Segundo a genitora da vítima, o bullying, que vem ocorrendo há aproximadamente 4 meses, é praticado dentro do ônibus, no trajeto de Ouro Preto do Oeste a Ji-Paraná, tanto na ida quanto no retorno, além de também acontecer nas dependências do IFRO, corredores e banheiro.

As agressões psicológicas, de acordo com a mãe, foram praticadas verbalmente pelos três alunos por meio de xingamentos e humilhação, sempre diminuindo a autoestima da vítima na presença dos demais alunos.

Foi relatado que a menor nunca havia dito a sua mãe que vinha sofrendo bullying, mantendo em segredo durante esses meses. Nesse período, apresentava um comportamento diferente, inclusive, não tendo mais vontade de ir para o curso e falava em desistir.

Consta no boletim policial que os familiares descobriram após a vítima ter chegado em casa sem sua mochila. Os infratores a haviam tomado da menor. A mochila foi encontrada posteriormente no banco do ônibus escolar grampeada e com seu estojo e o chaveiro danificados.

Dos três alunos suspeitos de terem praticado o bullying, dois são maiores de idade, e uma menor. Todos estudam no IFRO e são moradores de Ouro Preto do Oeste.


NOTÍCIAS RELACIONADAS