Publicidade
Autor: Gazeta Central - 30/03/2018 16h32

SEMEC de Ouro Preto do Oeste promove o Dia Mundial da Conscientização do Autismo

O evento será marcado com palestra e uma caminhada, que se encerrará em frente à Prefeitura.


Foto: divulgação

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes – SEMEC, da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste promove, nesta segunda-feira (2), uma programação alusiva ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

A programação inicia-se a partir das 14h, na sede da SEMEC, com uma palestra com o tema: “A Conscientização Mundial do Autismo”, que será ministrada pela pedagoga e pós-graduada em Psicopedagogia Valdirene Márcia Ferreira Pires.

A organização do evento também promoverá uma caminhada que sairá da frente da SEMEC (antigo prédio do fórum), localizada na Praça dos Três Poderes, as 16h e seguirá pela avenida Daniel Comboni, rua Ana Nery, avenida XV de Novembro até a Praça da Liberdade, em frente à Prefeitura Municipal.

Para a coordenadora de Educação Especial da SEMEC, Josimária Rosa Pereira da Cruz, este evento busca conscientizar e informar toda a população sobre o que é o autismo e a inclusão educacional dessas crianças. “Nessa data, visamos, por meio dessa programação, refletir, tantocom asociedade quanto com os governantes, sobre o autismo, além de contribuir com a redução do preconceito”, destacou.
Foto: Gazeta Central Coordenadora de Educação Especial da SEMEC, Josimária Rosa Pereira da Cruz
A coordenadora informou que em Ouro Preto do Oeste, atualmente, existem duas salas especiais localizadas nas dependências da Escola Municipal Benjamin Constant, onde são atendidas 13 crianças autistas. Outras quatro escolas municipais de Ensino Fundamental e uma de Ensino Infantil também disponibilizam salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Josimária relatou que as crianças autistas frequentam regularmente as aulas com os demais alunos, e que nas AEE o atendimento é realizado duas vezes por semana, com exceção da Escola 22 de Dezembro. Quanto às duas salas especiais do Benjamin Constant, funcionam de segunda a sexta nos dois períodos.


Segundo a coordenadora, o município atende à demanda dos autistas. Afirma que ela não tem conhecimento de casos de crianças que não estejam recebendo essa atenção. Disse ainda que em breve será construída uma nova estrutura, que irá substituir as duas salas especiais da Escola Benjamin Constant.

“A importância de essas crianças receberem esse atendimento é que isso vai ajudá-las na convivência com as demais crianças, tanto em sala de aula como em convívio familiar. O autista tem dificuldades de convivência e lá nas salas do AEE e do Benjamin Constant trabalham com elas, o que auxilia em muito na questão do aprendizado escolar”, frisou Josimária.

Josimária fala sobre a importância do atendimento ao autista
Foram convidados para o evento representantes das 15 escolas municipais, do Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO), Fórum da comarca local, Instituto Pestalozzi, SEDUC, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Câmara de Vereadores, Poder Executivo Municipal, Defensoria Pública e OAB, entre outras instituições, e a população.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade