Publicidade
Autor: Gazeta Central - 06/06/2018 08h51

Há mais de 4 meses faltam fraldas geriátricas na Farmácia Básica de Ouro Preto do Oeste

A Prefeitura, por meio de sua assessoria, informou que na próxima semana já disponibilizara as fraldas.


A falta de fraldas descartáveis infantis e geriátricas na Farmácia Básica da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste vem causando transtorno na vida de crianças, idosos, deficientes e acamados que necessitam periodicamente desse produto.

A reclamação é grande por parte dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que alegam que há mais de quatro meses não encontram as fraldas na Farmácia Básica, mesmo o município sendo obrigado a fornecer aos pacientes cadastrados, que atualmente soma-se mais de 100 usuários.

Os familiares que não possuem condições financeiras de adquirir as fraldas geriátricas nas farmácias particulares são obrigados a recorrer à Defensoria Pública do Estado paraobrigar o município a fornecer por ordem judicial. Em alguns casos, há pessoas que pedem dinheiro na rua para conseguir comprar.

A Prefeitura

A assessoria de imprensa da Prefeitura, cinco dias após ter sido questionada, informou que já foi realizada a licitação das fraldas e que já está em fase de compras. Explicou ainda que até a próxima semana elas já estarão disponíveis na Farmácia Básica.

No entanto, a mesma assessoria não respondeu o motivo de ter faltado as fraldas na Farmácia Básica por mais de quatro meses.



NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade