Autor: Diogo Souza / Direto do Octógono - 19/07/2020 00h53

Deiveson tem atuação avassaladora, finaliza e conquista cinturão do UFC; Vídeo

O paraense não deu chances para o americano Joseph Benavidez na luta principal do UFC Fight Night 172 e se tornou o primeiro brasileiro campeão da categoria até 56kg


Foto: UFC


O Brasil voltou a ter um homem com o cinturão do UFC. Na noite deste sábado, em Abu Dhabi, o paraense Deiveson Figueiredo, o Deus da Guerra, venceu o americano Joseph Benavidez no combate principal do UFC Ilha da Luta 2. O Brasil não tinha atletas homens com um cinturão do Ultimate há três anos.

A vitória veio de forma espetacular, com uma baita finalização ainda no primeiro round.

E o triunfo não veio com facilidade. Antes do confronto ser confirmado, o Deus da Guerra testou positivo para coronavírus. Mas, o paraense se recuperou e foi liberado para o grande duelo.

Esse foi o segundo encontro entre os dois atletas na temporada de 2020. Em fevereiro, Deiveson também havia superado o gringo, mas, como não havia batido o peso da categoria, ele acabou não faturando o cinturão. Desta vez não houve problema e o brasileiro pode comemorar.

O confronto começou com Deiveson tomando conta do octógono. Primeiro, o paraense encaixou um golpe que levou o rival à lona. No solo, o brasileiro teve duas oportunidades de finalizar e Benavidez foi guerreiro, conseguindo sair da armadilha.

Na sequência, Deiveson conseguiu uma bomba de direita e não teve jeito. Com o rival no solo, o brasileiro foi pra montada, pegou as costas e laçou o pescoço de Benavidez, que “dormiu”.





NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade