Autor: Folha do Sul Online - 09/08/2020 23h49

Rondoniense tem carreta carregada de carnes roubada em rodovia de São Paulo

A vítima passou horas refém dos ladrões. Empresa aciona segurança; veículo e carregamento são recuperados




Após várias horas em poder de ladrões de cargas, que o dominaram numa rodovia de São Paulo, o motorista vilhenense José Presentino Gomes, 45 anos, foi libertado na capital paulista, na madrugada deste domingo, 09.

De acordo com informações obtidas pelo site, quando a carreta conduzida pelo vilhenense desengatou, a empresa que faz o rastreamento do veículo ligou e ele disse que havia sido obrigado a fazer uma manobra na rodovia, danificando o equipamento.

A dona da carga de carnes transportada por Presentino também fez contato, para saber sobre o desengate. Como ele deu uma resposta diferente, ficou claro que estava nas mãos de bandidos.

Com isso, a empresa acionou a “Pronta Resposta”, um serviço privado de segurança nas estradas, que enviou uma equipe até um trecho da rodovia Dom Pedro, próximo ao município de Nazaré Paulista. Lá, o cavalo da composição foi encontrado, com a chave na ignição e o celular do motorista a bordo.

O serviço também mobilizou apoio aéreo, que localizou a carreta roubada nas proximidades da cidade de Arujá. Ao perceberem que estavam sendo perseguidos, os ladrões desengataram a carreta, que estava em outro cavalo, e fugiram.

Deixado de madrugada no bairro da Penha, em São Paulo, o vilhenense não sofreu ferimentos. Ele registrou queixa na polícia e deve seguir viagem, levando a carga com quase 30 toneladas de carnes. O produto, apanhado na unidade da JBS Friboi em Pimenta Bueno, deve ser monitorado por escolta armada até o Rio de Janeiro.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade