Autor: Gazeta Central - 28/01/2021 19h47

Robinho indica concessão de adicional de insalubridade grau máximo aos profissionais de saúde

O adicional requerido pelo parlamentar busca beneficiar os servidores que trabalham no atendimento de pacientes infectados pelo covid-19.


Vereador Robinho da Saúde


O vereador Robinho da Saúde (PV) reivindica junto ao prefeito da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni (DEM), a concessão de adicional de insalubridade (grau máximo) ao profissionais de saúde do município, que trabalham no atendimento de pacientes infectados pelo novo coranavírus (covid-19).

O parlamentar destacou que é notório o grande esforço feito pelos profissionais desta área no combate à pandemia e frisou que fica evidente o alto risco de contaminação pelo vírus, o que, segundo o vereador, justifica a aplicabilidade da legislação no que se refere ao benefício do adicional de insalubridade. Esse benefício tem como finalidade compensar os riscos da atividade exercida pelos servidores.

“Creio que a busca de eficiência pelo aparelho estatal municipal no combate à pandemia recomendará à chefia do Poder Executivo Municipal a pertinência de acatamento de minha indicação”, enfatizou Robinho.

O vereador também explicou que sua ideia inicial era de propor o pagamento do adicional de insalubridade a todos os profissionais de saúde. Porém, constitucionalmente, é de competência exclusiva do Poder Executivo legislar sobre o funcionalismo público.

A indicação será levada para conhecimento durante a 1ª Sessão Ordinária que irá ocorrer na noite do dia 08 de fevereiro, a partir das 19h, na Câmara Municipal.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade