Publicidade
Autor: G1 - 14/05/2018 09h24

Foragido é preso após publicar fotos com arma e fantasia de 'La Casa de Papel'

Gilson Carlos postava fotos no perfil do Facebook e uma denúncia levou a polícia ao endereço. PM acredita que suspeito faria assaltos usando a arma e a fantasia da série.


Foto: PM/Divulgação Gilson postava fotos com rifle no Facebook

Um foragido da Justiça de 27 anos foi preso pela Polícia Militar (PM), neste final de semana, após publicar fotos no Facebook usando uma fantasia da série "La Casa de Papel" e segurando um rifle de calibre 22, em Porto Velho. A PM acredita que Gilson Carlos iria fazer assaltos na capital com a fantasia da série de TV.

Segundo a PM, uma denúncia anônima informou o endereço onde Gilson se escondia. Quando a guarnição se aproximava do local, os policiais viram o homem dentro de um mercado na Rua Humberto Florêncio.

Ao perceber a presença da viatura, o suspeito fugiu pelos fundos do mercado, pulou janelas, muros e entrou em uma casa. Por já ter um mandado de prisão, a PM seguiu Gilson, entrou na residência e pediu que ele se entregasse.

Dentro de um armário da casa os policiais acharam um rifle ilegal, de calibre 22, e uma fantasia da série "La Casa de Papel", juntamente com a máscara. O homem recebeu voz de prisão e foi levado à Central de Polícia de Porto Velho. A fantasia e a arma também foram apreendidas.

Conforme a PM, Gilson postava várias fotos nas redes sociais usando a fantasia da série, com e sem a máscara. Em todas as imagens, o foragido fazia poses com a arma e recebia várias curtidas de internautas.

A polícia de Porto Velho acredita que o suspeito iria praticar roubos em Porto Velho usando a arma e a fantasia da série.

Grupo preso

No último mês de abril, um grupo com a mesma fantasia da série foi preso em Pernambuco por tentar invadir o centro de triagem de detentos, em Pernambuco. O grupo era composto por quatro pessoas, um deles menor de idade.

Ao WhatsApp da TV Globo, na época, foram enviadas mensagens dizendo que o grupo era composto por YouTubers pernambucanos que tentavam gravar uma pegadinha. Eles foram liberados um dia depois da prisão.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade