Autor: Tudo Rondônia - 24/03/2020 21h27

Em vídeo, secretário confirma mais 2 casos de coronavírus em Rondônia

Rondônia agora registra 5 casos




Na noite da terça-feira (24), o titular da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, confirmou mais dois casos de Covid-19 em Rondônia, subindo para cinco o número de infectados pelo coronavírus.

De acordo com as informações repassadas durante uma coletiva de imprensa, os infectados são uma mulher de 36 anos e o marido de 39, que esteve em viagem recente ao estado de São Paulo, onde contraiu o vírus e transmitiu à esposa. O casal encontra-se em isolamento e sendo acompanhado pela equipe do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) do município.

Os exames do casal foram coletados na Policlínica Ana Adelaide, em Porto Velho, no último dia 20, e encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen). Na segunda-feira (23), o Lacen realizou 19 exames que deram negativos, já na terça (24) foram realizados 48 testes para o coronavírus, sendo que dois positivos para Covid-19.

Os casos positivos vem aumentando no Brasil e em Rondônia. Para evitar que a pandemia se espalhe, é importante que a população esteja atenta às formas de prevenir o contágio da doença.

“É extremamente importante que as pessoas fiquem em casa, evitem aglomerados de pessoas. Ficar em casa é a melhor forma de prevenir esse vírus mortal”, ressaltou Máximo.

COMUNICAÇÃO OFICIAL

O secretário alertou sobre a importância de buscar os canais oficiais, evitando a disseminação de fake news. “Não acredite em fake news, estamos aqui para dar a notícia em primeira mão para vocês, a notícia verdadeira, não temos nada a esconder. Por isso é importante buscar informações nos portais oficiais do Governo de Rondônia e da Sesau“.

Ainda de acordo com Fernando Máximo, a plataforma do Ministério da Saúde, que agrega as informações sobre o Covid-19, está em processo de mudança e adequação, o que tem ocasionado limitações de acessos em todo o Brasil, e alterado a rotina de envios de dados do coronavírus também em Rondônia. “Com isso estamos com algumas dificuldades em publicar os dados em tempo real”.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade