Autor: André Fogaça / Olhar Digital - 14/09/2021 17h25

iPhone 13 e iPhone 13 Mini são lançados com chip A15 Bionic, nova tela e mais

O iPhone 13 e seu irmão menor, o iPhone 13 Mini, entram em pré-venda no mercado internacional a partir do dia 17 de setembro.


iPhone 13 (Imagem: divulgação/Apple)


A Apple aproveitou o começo da tarde desta terça-feira (14) para anunciar oficialmente do iPhone 13, seguindo basicamente todos os boatos e rumores que circulavam o produto. O celular chega em dois tamanhos, mantendo a versão Mini no mercado e adotando um novo processador com seis núcleos, o A15 Bionic.

Mesmo com as vendas do iPhone 12 Mini sem a força esperada pela Apple para o celular mais econômico dentro de sua categoria, a empresa da maçã não desistiu da fatia de mercado que prefere um smartphone menor, sem abrir mão das capacidades do hardware potente anunciado para estes dispositivos topo de linha.

O iPhone 13 segue este caminho, com a versão maior utilizando tela de 6,1 polegadas, enquanto sua versão Mini utiliza 5,4 polegadas para o display. Ambas as telas continuam feitas com uma camada de OLED, mas agora com brilho 28% mais intenso ao chegar nos 800 nits. A Apple ainda promete alcançar até 1200 nits em algumas situações.

iPhone 13 promete ser 50% mais veloz que a concorrência

Por dentro a Apple trocou o processador da geração anterior pelo chip A15 Bionic, equipado com seis núcleos para processamento geral e outros quatro para a GPU. A empresa da maçã não divulga dados técnicos, mas promete que este novo componente é 50% mais veloz que o melhor produto da concorrência (Qualcomm Snapdragon 888?), tem cache do sistema duas vezes maior, além de gerar gráficos 30% melhores.

O novo chip A15 Bionic também traz melhorias para o trabalho de inteligência artificial do iPhone 13, com 16 núcleos focados apenas para esta tarefa. A Apple afirma que o novo processador consegue lidar com até 15,8 trilhões de operações por segundo.

Uma novidade importante para os usuários é o fim da versão de 64 GB, com o iPhone 13 e o 13 Mini começando com 128 GB. O máximo de memória também recebeu um upgrade, passando de 256 GB para 512 GB.

Novo arranjo para as câmeras do iPhone 13

iPhone 13 (Imagem: divulgação/Apple)


Na traseira o conjunto de câmeras continua com dois sensores e ele mudou a organização para a diagonal, exatamente como previam os rumores mais recentes. Os dois componentes continuam com 12 megapixels, mas as lentes permitem a entrada de mais luz.

A lente da câmera principal utiliza abertura de f/1,6, enquanto o sensor secundário continua fazendo fotos ultrawide em f/2,4. Mesmo mantendo o mesmo número na abertura, a Apple promete que o novo vidro é capaz de permitir a entrada de 47% mais luz em qualquer condição.

Uma novidade importante para as câmeras do iPhone 13, assim como do iPhone 13 Mini, é que o sensor recebeu o mesmo estabilizador de movimentos lançado nos iPhones 12 Pro e Pro Max.

Quando e quanto?

O iPhone 13 e seu irmão menor, o iPhone 13 Mini, entram em pré-venda no mercado internacional a partir do dia 17 de setembro e os preços lá fora ficam assim:

iPhone 13 Mini 128 GB: US$ 729
iPhone 13 Mini 256 GB: US$ 829
iPhone 13 Mini 512 GB: US$ 1.029
iPhone 13 128 GB: US$ 829
iPhone 13 256 GB: US$ 929
iPhone 13 512 GB: US$ 1.129


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade