Autor: CNN Brasil - 20/11/2021 22h11

Mulher com Covid-19 acorda no dia em que seus aparelhos seriam desligados

A família fez os preparativos para o funeral, escolheu o caixão e lápide, e se preparavam para se despedir de Bettina.




Bettina Lerman passou semanas em um respirador após adoecer com Covid-19 e não respondeu aos esforços dos médicos para acordá-la do coma, quando sua família tomou a difícil decisão de retirar o suporte vital.

A família fez os preparativos para o funeral, escolheu seu caixão e lápide, enquanto se preparava para se despedir, disse seu filho Andrew Lerman à CNN.

No dia em que planejaram retirá-la do suporte de vida, Lerman disse, ele recebeu um telefonema de um de seus médicos no Maine Medical Center, em Portland.

“Ele disse ‘bem, preciso que você venha aqui imediatamente’. Eu disse, ‘Ok, o que foi?'”, Disse Lerman. “Ele disse: ‘Bem, está tudo bem. Sua mãe acordou.'” Lerman disse que deixou cair o telefone quando recebeu a notícia.

Mais de 768 mil pessoas morreram de Covid-19 nos Estados Unidos desde o início da pandemia, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) afirmam que 58,9% da população do país está totalmente vacinada.

Lerman disse que sua mãe, que fará 70 anos em fevereiro, teve vários problemas de saúde, incluindo diabetes, e teve um ataque cardíaco e uma cirurgia quádrupla de ponte de safena alguns anos atrás.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade