Autor: Gazeta Central - 30/12/2021 23h05

Câmara Municipal de Ouro Preto do Oeste devolve mais de meio milhão de reais aos cofres da prefeitura

“A ação foi o resultado da racionalização e responsabilidade com o dinheiro público ao longo de 2021”, destacou a presidente Rosária Helena.




Demonstrando racionalização e total responsabilidade com o dinheiro público, a Câmara Municipal da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, através de seus nove vereadores e de seus servidores, devolveram nesta quinta-feira (30), R$ 601.401,90 aos cofres da Prefeitura.

Para a presidente da Câmara, vereadora Rosária Helena, o repasse deste recurso foi fruto do trabalho feito através de união, muita seriedade e responsabilidade. Desde o início de janeiro passaram a cortar gastos desnecessários visando o princípio da economicidade.

“Mesmo trabalhando com um orçamento enxuto, a Câmara Legislativa, através de sua Mesa Diretora e comprometimento dos parlamentares, conseguiu, através de um trabalho sério e responsável durante o ano de 2021, cortar gastos desnecessários, gerando economia sem comprometer o bom funcionamento da Casa de Leis”, destacou Rosária Helena.

A iniciativa foi bastante elogiada pelo prefeito Alex Testoni que, ao tomar conhecimento, fez questão de parabenizar todos os nove vereadores e os servidores da Câmara Legislativa. Testoni classificou a ação como um gesto muito importante e que irá ajudar em muito a administração e beneficiará grandemente toda a população.

“Nossos vereadores estão de parabéns. Isto anima mais ainda a gente a trabalhar e trazer mais resultados importantes em todas as áreas em 2022, em prol de nossa comunidade e nosso município”, frisou o chefe do Poder Executivo e finalizou enfatizando que isso prova o respeito e comprometimento que os vereadores da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste têm pelo erário público e por toda sua população.

Além do envio da sobra de recursos, os vereadores também não mediram esforços para dar celeridade aos projetos enviados pelo Poder Executivo, em sua maioria de grande relevância para a população, vez que tratou-se de emendas e recursos enviados tanto por parlamentares estaduais e federais, bem como governador e presidente.

Apenas neste ano, além das 20 sessões ordinárias realizadas nas noites de segunda-feira, os vereadores, sem receber nada a mais, também participaram de aproximadamente 100 sessões extraordinárias, que ocorreram em dias e horários distintos. E durante este primeiro ano de mandato, não perderam nenhum recurso.


NOTÍCIAS RELACIONADAS



Publicidade